Ladrão

“Ladrão” é uma reflexão sobre o comportamento humano. Um impasse dos momentos racionais e irracionais, impulsionados pela emoção.

 

Que lugar se deseja fazer parte? Que espaço de relações está construindo? Que ações, e o que cada indivíduo esta reforçando e produzindo? A serviço de que estamos construindo o espetáculo? Baseado nesses questionamentos e em depoimentos de pessoas em pesquisas anteriores, se desperta o interesse e a necessidade de tornar o tema “ladrão” em uma “reflexão física”. Trazer esse tema não é apenas falar de fatos, mas é trazer o ser humano para a cena, ele com suas fragilidades e deficiência em viver dentro da sociedade. E que sociedade é essa?

 

O grupo pesquisou sensações, contexto social, emoções e sentimentos como: amor, ódio, medo, solidão, e outros que se farão descobrir com o projeto em vigor. Portanto, trata-se de uma oferta de transformar, construir, desconstruir, ser um pesquisador do gesto urbano, do movimento em contínua mutação, a favor da comunicação. O Zumb.boys busca cada vez mais descobrir e experimentar. Com “Ladrão”, investiga-se as sensações e estratégias para cada furto, ou golpe. A forma de pensar, forma de escolher a vítima, o medo do inesperado e o arrependimento.

Ladrão, 2015, 45 min

Guilherme Ferreira
Márcio Greyk
Márcio Greyk
Danilo Nonato
Vinicios Silva
Márcio Greyk
Danilo Nonato
Márcio Greyk
David Xavinho

apoio